Flutter – Conhecendo o SDK mobile do Google

Flutter – Conhecendo o SDK mobile do Google

Olá pessoal, beleza?

Há cerca de 3 anos venho me dedicando fortemente ao desenvolvimento mobile com o Ionic Framework.
Porém, há 5 ou 6 meses uma nova alternativa de desenvolvimento mobile vem me chamando muito a atenção e me dedico algumas horas diárias com ele, trata-se do Flutter.

Hoje vou explanar um pouco sobre esse poderoso Framework do Google, e, quem sabe despertar o interesse de vocês para mais uma opção para aprendizado e também influência profissional..

Bom,

O Flutter é o Framework móvel do Google que permite construir aplicativos Android e iOS com apenas um código. O Flutter é um código aberto e gratuito.

Ele inclui:

  • Framework reativo moderno;
  • Mecanismo de renderização em 2D muito rápido;
  • Ferramentas para desenvolvimento;
  • Widgets prontos que constituem os componentes da UI do aplicativo.

O que os usuários geralmente esperam de aplicativos?

Posso listar pelo menos 3 fatores:

  1. Design Bonito;
  2. Animações Suaves;
  3. Ótimo desempenho.

Além disso, os desenvolvedores precisam criar novos recursos sem comprometer  a qualidade e o desempenho. É aí que o Flutter entra.

O Flutter fornece o melhor do desenvolvimento mobile: desempenho e integração de plataformas móveis, com desenvolvimento rápido e alcance multiplataforma e com ferramentas de UI portáteis.

Segundo o Google, o Flutter foi construído para melhorar a qualidade dos aplicativos, a velocidade do desenvolvimento, e para alcançar mais usuários.

O Flutter é único porque o código é compilado em ARM, ou seja, compila o código para cada plataforma. Isso agiliza a abertura e o desempenho do aplicativo. Além disso, utiliza um renderizador Mobile First acelerado por GPU para que haja consistência da UI entre as plataformas e o dispositivo. Então ele projeta os Widgets com um Framework personalizável e extensível em camadas.

Não há pontes entre o Framerwork e os Widgets, tornando a renderização eficiente e as animações mais suaves.

Com o Flutter, uma View é construída como uma árvore imutável de Widgets.

Os Widgets são a base dos aplicativos Flutter, é uma descrição de parte da interface do usuário e quase tudo é um Widget, escrito em Dart.

No Flutter, não existe arquivo distinto  para personalização de layout (JS, HTML, CSS), tudo é definido em um Widget Flutter.

Quando o estado do Widget é alterado seja pela entrada do usuário ou por animações, o Widget se reconstrói de acordo com o novo estado, economizando tempo, pois a UI pode ser descrita como funções de estado. Não precisamos escrever códigos extras para atualizar a UI quando o estado for alterado.

O Mecanismo de renderização é construído no Skia, uma biblioteca de renderização gráfica em 2D, em Dart. Ele exibe Widgets para dispositivos iOS e Android. As plataformas precisam fornecer uma tela para o Flutter poder colocar os Widgets e o mecanismo de renderização. Por isso é bom obter uma compilação AOT (veremos mais abaixo) no código nativo.

Dart

O Flutter é escrito em Dart, uma linguagem concisa, fortemente tipificada e orientada a objeto. O Dart é bem semelhante à linguagens como Swift, C#, Java e JS.

O que torna o Dart adequado para o desenvolvimento mobile?

Primeiro, o desempenho tanto no desenvolvimento quando em produção, pois ele suporta a compilação JIT (Just-in-time) e a AOT (Ahead-of-time).

A JIT possibilita que o Flutter recompila o código no dispositivo, enquanto o aplicativo está rodando, isso faz com que a aplicação não perca o estado de desenvolvimento. Isso gera um ciclo de desenvolvimento muito rápido e produtivo, possibilitando o recarregamento expresso do aplicativo.

Na compilação AOT, as bibliotecas e funções utilizadas pelo código do aplicativo são compilados no código ARM nativo de cada plataforma. Isso é bom para lançar compilações, pois o código nativo se inicia rapidamente e possui desempenho previsível.

 

Pessoal, tudo isso faz realmente o Flutter se tornar diferenciado e só produzindo para perceberem como é incrível, realmente!

Vou deixar alguns links importantes aqui para vocês se familiarizarem com o Framework:

Flutter: https://flutter.io/

Dart: https://www.dartlang.org/

 

Muito conteúdo em Inglês está disponível na Internet, porém ainda está pobre em conteúdos em Português, com isso deixo a brecha aqui e compartilho com vocês o meu curso da Udemy “Flutter – Conhecendo o SDK mobile do Google”

https://www.udemy.com/flutter-conhecendo-na-pratica/?couponCode=FLUTTERILOVECODE

Utilizando o Cupom acima, deixo um preço bem acessível para vocês e semanalmente estou upando novos vídeos!!

Aproveite e espero que curtam essa dica!!

Valeu!

Previous Vagas de TI para todo Brasil!
Next Dicas de onde achar vagas de TI

About author

Junior Abranches
Junior Abranches 19 posts

Um apaixonado por tecnologia e desenvolvimento web e mobile. Compartilhar e aprender sempre!

You might also like

Mobile 1Comments

Universal Apps – Compartilhando código entre o Windows e Windows Phone

Share this on WhatsAppAprenda compartilhar o código de sua aplicação na Universal Apps Ao iniciarmos o desenvolvimento de um novo aplicativo usando a estrutura do Universal Apps, percebemos que em

Mobile 0 Comments

Curso Ionic em português – Aula 4 – Importando projeto do Ionic Creator

Share this on WhatsAppImportando dados do Ionic Creator Pessoal, continuando com nossa série de vídeo aulas, hoje trago pra vocês dicas de como importar o projeto criado no Ionic Creator

Mobile 5 Comments

Curso grátis – Criando aplicativos robustos com Ionic

Share this on WhatsAppFala galera, tudo na paz? Hoje venho anunciar mais um curso disponibilizado na Udemy! Desta vez o curso se chama Criando aplicativos robustos com Ionic! Como de

0 Comments

No Comments Yet!

You can be first to comment this post!

Leave a Reply